26/03/2012 – Encerramento do projeto Mulheres da Paz terá baile de debutantes e plantio de mudas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 13:40, por: cdb

Nesta semana, completando um ano de duração, será finalizado o projeto “Mulheres da Paz”, criado em âmbito do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) e em Uberaba gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds).
Após diversas ações realizadas neste período, a quinta-feira (dia 29) promete marcar o trabalho realizado por estas mulheres. Quarenta e duas adolescentes, residentes em áreas de risco e vulnerabilidade social, que em um período de quatro meses foram orientadas e participaram dos serviços voluntários e comunitários juntamente com as Mulheres da Paz, serão contempladas com um baile coletivo de debutantes. De acordo com a coordenadora do projeto em Uberaba, Adacely Ferreira, a festa é uma promoção da PMU para as adolescentes e seus familiares. “Para isso, aqueles que quiserem e puderem colaborar para a realização deste sonho, estamos recebendo as participações no valor de R$ 20,00, na Secretaria de Desenvolvimento Social – Seds”, explica a coordenadora.
Já no sábado (dia 31), em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Turismo e Horto Municipal, acontecerá o “Flores do Jardim da Nossa Praça. O evento acontecerá entre 8h e 12h, na Praça de Esporte e Lazer localizada na Rua Ivan Donizetti de Carvalho, 200, no Jardim Maracanã. Na oportunidade, será proporcionado às crianças e adolescentes um momento de interação saudável com o meio ambiente, por meio do plantio de flores e mudas de árvores. “É um evento social e educativo de preservação e resgate à cidadania através da revitalização do espaço de convivência comunitária”, acrescenta Adacely.
De acordo com o biólogo da Semat, Thiago Humberto da Silva Pires, a Secretaria levará para o local alguns animais do zoológico, entre eles onça parda, tamanduá e macaco prego. “Muitas das vezes estas crianças não tem condições de ir até o parque Jacarandá conhecer as espécies, então, iremos levar até elas”, salienta o biólogo.