25 milhões de dólares por Saddam Hussein, vivo ou morto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de julho de 2003 as 13:20, por: cdb

O governo dos Estados Unidos está oferecendo US$ 25 milhões por qualquer informação que leve à captura do ex-presidente do Iraque, Saddam Hussein, ou que comprove a sua morte.

A iniciativa foi revelada nesta quinta-feira por um porta-voz do governo de George W. Bush, adiantando que o anúncio oficial será feito pelo administrador americano do Iraque, Paul Bremer.

Os Estados Unidos ainda oferecem US$ 15 milhões por informações que levem à prisão de qualquer um dos dois filhos de Saddam, Uday e Qusay.

Em 2001, o governo americano subiu para os mesmos US$ 25 milhões a recompensa por informações que levassem à captura de Osama Bin Laden, o líder da organização Al-Qaeda, e outro que continua foragido.

Valorização

Em 1999, o pagamento oferecido pelos americanos por informações que ajudassem na prisão de Bin Laden era de US$ 5 milhões.

Na época, o saudita era acusado de ter planejado atentados nas embaixadas americanas no Quênia e na Tanzânia.

Até aquele ano, esta tinha sido a maior recompensa já oferecida pelas autoridades americanas por um criminoso.

No entanto, o valor subiu em 2001, depois que os Estados Unidos passaram a acusar Bin Laden de ser o mentor também dos atentados de 11 de setembro em Nova York e Washington.