16 pessoas são presas no sul envolvidas com a farra do boi

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 19 de abril de 2003 as 10:53, por: cdb

Dezesseis pessoas foram presas na madrugada deste sábado por participarem de uma farra do boi em Navegantes, município localizado a 80 Km ao Norte de Florinaópolis. O boi, que estava sendo perseguido pelos farristas, foi abatido por policiais. “Ele estava muito cansado e machucado, com os chifres quebrados e sangrando muito”, informou o sargento da Polícia Militar Adalberto Geodert.

Ainda segundo o militar, foram disparados rojões e fogos de artifício para conter a irritação dos farristas com a intervenção da polícia. Cerca de 800 pessoas se armaram com paus e pedras para enfrentar os policiais. Dois policiais ficaram feridos. Entre os presos estão alguns adolescentes. Dezesseis viaturas da PM foram utilizadas na operação.

O confronto entre farristas e policiais começou por volta das 23h30 desta sexta-feira e só terminou na madrugada de hoje, com o boi utilizado na farra morto pelos policiais.

Na localidade do Pontal dos Navegantes, litoral Norte catarinense, a polícia não conseguiu impedir uma farra do boi. Segundo a PM, o grande número de participantes impediu a chegada dos policiais ao local.

A farra do boi é proibida no estado desde 1997 por determinação do Supremo Tribunal de Justiça. O governo estadual colocou à disposição um grande número dos efetivos civil e militar para a sua repressão, com o bloqueio de estradas para impedir o transporte dos animais e o policiamento ostensivo em locais onde tradicionalmente a farra do boi é realizada.

A farra do boi é um costume dos moradores do litoral de Santa Catariana durante o período de Páscoa. O boi, segundo a cultura popular, representa o apóstolo Judas que teria traído Jesus Cristo.