10 pessoas são acusadas de pedofilia no caso Casa Pia em Portugal

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de dezembro de 2003 as 22:51, por: cdb

Depois de um ano de investigação, a Justiça portuguesa acusou formalmente dez pessoas por pedofilia no caso Casa Pia. Entre os acusados de abusar sexualmente de meninos abrigados na Casa Pia de Lisboa, que acolhe crianças de famílias sem recursos, estão figuras destacadas da televisão e da política portuguesas, alguns deles detidos preventivamente há vários meses.

Os advogados de defesa têm agora dois meses para convencer o tribunal de que as acusações não têm fundamento. Carlos Silvino, antigo funcionário da instituição, é o autor, segundo a Justiça, do maior número de crimes, mais de mil, entre abusos sexuais e outros como indução à prostituição. Ele está detido desde novembro de 2002.