Wilson critica Casa Branca por vazamento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 5 de outubro de 2003 as 13:46, por: cdb

O ex-embaixador americano Joseph Wilson criticou neste domingo a Casa Branca por vazar à imprensa o dado de que sua mulher era uma agente encoberta da CIA, o que atribuiu a uma tentativa de suprimir as críticas à sua informação sobre o Iraque. “Creio que foi feito para desanimar outras pessoas”, disse ao canal NBC, Wilson, autor de um relatório que contradiz as afirmações realizadas pela Casa Branca antes da guerra, a respeito de uma suposta tentativa do então presidente iraquiano Saddam Hussein de obter urânio na África.

Wilson acha que o vazamento do nome de sua esposa é uma represália, e a atribui a um assessor da Casa Branca, Karl Rove, afirmação que o governo americano qualificou de “ridícula”. “Estou certo de que ele (Rove) e a chefia de imprensa da Casa Branca promoveram a história”, disse Wilson. “Gostaria de ver os que vazaram (a informação) retirados da Casa Branca, algemados”, assinalou.

A controvérsia provocada pelo vazamento desembocou numa investigação do FBI para determinar quem revelou o nome da esposa de Wilson, o que viola uma lei que impede divulgar nomes de agentes da CIA.