Viúva do ganhador da Mega-Sena terá pedido de habeas corpus julgado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de fevereiro de 2007 as 20:10, por: cdb

Está marcado para as 13h desta quarta-feira o julgamento pela 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro do pedido de habeas corpus em favor de Adriana de Almeida, viúva do ganhador da Mega-Sena Renné Sena, morto no início do ano, em Rio Bonito (Baixada Litorânea do Rio de Janeiro). Adriana é investigada pela polícia como mandante do crime.

A prisão de Adriana foi decretada pela juíza da 2ª Vara de Rio Bonito, Renata Gil, que considerou haver indícios de envolvimento dela no crime. A decisão foi tomada ainda com base em conversas telefônicas interceptadas com autorização judicial.

No dia 2 de fevereiro, a desembargadora Maria Raimunda Tavares de Azevedo negou o pedido de liminar. Na sessão desta quarta-feira, os desembargadores vão examinar o pedido em que a defesa argumenta ser desnecessária a prisão de Adriana porque ela tem colaborado com as investigações.