Vitória discute políticas públicas com a cidade moçambicana de Xai-Xai

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 13:05, por: cdb

Publicada em 27/03/2012, às 15h58

Por Secom – Prefeitura de Vitória, com a colaboração de Carol Perim e Fernanda Rossi

Vitória discute políticas públicas com a cidade moçambicana de Xai-Xai

Foto Divulgação

A cidadeXai-Xai foi escolhida para o intercâmbio de tecnologias sociais por possuir semelhanças com o município de Vitória

Representantes da Prefeitura Municipal de Vitória, atendendo a convite da cidade de Xai-Xai, em Moçambique, chegaram à África, na última segunda-feira (26), com o objetivo de compartilhar experiências em tecnologia social que são desenvolvidas no município pelo Programa Terra Mais Igual.

Foram indicados para participar da visita técnica à cidade de Xai-Xai a assessora de Projetos Especiais e Gestora do Programa Terra Mais Igual, Margareth Batista Saraiva Coelho, e o assessor técnico do Programa, José Carlos Neves Loureiro.

Segundo o prefeito de Vitória, João Coser, a troca de experiências entre os municípios contribui para o desenvolvimento mútuo e em relações internacionais essa parceria é mais enriquecedora. 

“Os municípios estão crescendo em termos de relação internacional e Vitória conta com boas experiências nesse sentido, com cidades de outros países. Tenho certeza que a presença da secretária Margareth e do assessor técnico José Carlos será fundamental para consolidar a relação de parceria com Xai-Xai. A troca de experiência com Moçambique, sem dúvida, é fantástica”, disse o prefeito.

Projeto

Com a visita técnica a Xai-Xai será possível detalhar um projeto executivo para o Programa de Cooperação Técnica Descentralizada Sul-Sul. Esse Programa é uma iniciativa do Governo Federal para incrementar o intercâmbio de experiências bem-sucedidas entre estados e municípios brasileiros e países parceiros, com ênfase na América Latina, Caribe, África, Ásia e BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Durante um ano, o Programa de Cooperação Técnica Descentralizada Sul-Sul vai financiar projetos compartilhados com outros países. Ao participar da cooperação técnica, estados e municípios brasileiros vão dar maior visibilidade às suas bem-sucedidas práticas de gestão pública.

Com edição de Deyvison Longui