Vítimas do primeiro atentado ao WTC ainda lutam na Justiça

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 20 de janeiro de 2005 as 00:15, por: cdb

Enquanto as vítimas do atentado ao World Trade Center, em Nova York, de 11 de setembro de 2001, receberam várias manifestações de apoio e acesso a um fundo de compensação financeira, vítimas e parentes do primeiro atentado a uma das Torres Gêmeas, em 1993, ainda enfrentam batalhas judiciais.

Mais de 230 pessoas e empresas ainda têm processos na Justiça americana, incluindo as famílias de pelo menos dois mortos no ataque. No mês passado, essas pessoas renovaram suas esperanças, quando juízes determinaram que os casos deverão ser julgados.

No dia 26 de fevereiro de 1993, uma bomba escondida numa van explodiu na garagem do WTC, matando seis pessoas.