Violência no Oriente Médio deixa um morto e 15 feridos ao norte de Israel

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de novembro de 2001 as 10:13, por: cdb

Um grupo de palestinos abriu fogo contra uma multidão na cidade de Afula, no norte de Israel, matando uma pessoa e ferindo pelo menos outras 15. Quatro delas estariam em estado grave. Segundo testemunhas, dois homens armados foram mortos no local do ataque, e há informações de que um outro teria escapado.

O ataque teria acontecido em uma estação de ônibus e um mercado ao ar livre em Afula, que fica perto da fronteira com a Cisjordânia e já foi alvo de outros ataques de militantes palestinos.

O ataque aconteceu no dia em que Israel anunciou a retirada de suas tropas de Jenin, na Cisjordânia. Essa era a última das seis cidades ocupadas no mês passado que seguia sob o controle dos israelenses.

Reunião

O governo israelense afirma que a retirada de Jenin é um sinal de “boa vontade”.

Nesta terça-feira, o primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, vai se encontrar com os dois enviados especiais do governo americano, o subsecretário de Estado William Burns e o general da reserva Anthony Zinni.

Os dois chegam ao Oriente Médio com a missão de conseguir um cessar-fogo entre israelenses e palestinos.

Eles planejam ficar por lá até que os dois lados concordem com uma trégua.

Mas Sharon reiterou sua exigência de que, antes de qualquer acordo, ele quer ver uma semana sem violência por parte dos palestinos.

Estes, por seu lado, afirmam que essa exigência inviabiliza qualquer tipo de negociação.