Violência deixa 22 mortos no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de fevereiro de 2005 as 10:57, por: cdb

Um carro-bomba explodiu do lado de fora de uma mesquita xiita a nordeste de Bagdá no momento em que as pessoas saíam de uma cerimônia religiosa nesta sexta-feira, matando pelo menos 13 delas, informou a polícia. A explosão ocorreu na cidade de Balad Ruz. Horas antes, atiradores abriram fogo contra xiitas em uma padaria de Bagdá e mataram nove pessoas.


As fontes precisaram que os rebeldes chegaram em dois automóveis e abriram fogo de maneira indiscriminada contra os clientes do estabelecimento. Os atacantes estavam mascarados e entraram na padaria Al Saeda, no bairro de Al Amin, às 09h40 (hora local), segundo as fontes. Seis dos mortos eram trabalhadores do estabelecimento e os outros três clientes. Depois do ataque, os agressores fugiram nos dois carros.

As fontes disseram desconhecer o motivo do ataque a essa padaria, que não tem qualquer relação com as autoridades provisórias e as forças de segurança iraquianas, alvos freqüentes da insurgência.

O de hoje é, no entanto, o segundo ataque contra uma padaria depois que um estabelecimento do mesmo tipo no bairro de Al Azamiya em Bagdá foi baleado há um mês e meio por desconhecidos armados que mataram três pessoas.

Observadores locais atribuíram esse primeiro ataque ao fato de o estabelecimento vender pão às tropas americanas.