Violência dá trégua aos cariocas na Páscoa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 11 de abril de 2004 as 16:25, por: cdb

A Polícia Militar do Rio vai aumentar de 500 para 900, a partir desta segunda-feira, o número de policiais nas favelas da Rocinha e Vidigal, na zona sul da cidade. A ocupação, que será por tempo indeterminado, visa a desarticulação das quadrilhas de traficantes que disputam o controle da venda de drogas na região. As informações são do comandante-geral da Polícia Militar do Rio, coronel Renato Hottz.

Apesar da madrugada violenta do último sábado, com troca de tiros entre policiais e traficantes, a situação no local está calma. Até a tarde deste domingo, não houve registros de novos enfrentamentos. De acordo com o comandante do Grupamento Marítimo de Salvamento, coronel Marcos, o movimento na praia de São Conrado, próxima às favelas, também está normal.