Villepin pede reforma da ONU para favorecer o multilateralismo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 14 de junho de 2003 as 20:44, por: cdb

O ministro de Assuntos Exteriores da França, Dominique de Villepin, defendeu neste sábado, uma reforma profunda das Nações Unidas para promover uma ordem mundial “multilateral”.

Em discurso feito por ocasião do Primeiro dia do livro de história, Villepin afirmou que a França está disposta a “comprometer-se numa reforma profunda das Nações Unidas para canalizar melhor as (diferentes) vontades” dos países.

O chanceler francês propôs a criação de ferramentas que permitam agir de forma mais eficaz, como um corpo de desarmamento e outro de direitos humanos.

– Um sistema internacional renovado passa provavelmente por um Conselho de Segurança mais representativo, com princípios de ação mais voluntários, com meios de intervenção mais numerosos – disse Villepin.

Neste sentido, lembrou a posição francesa contra a guerra no Iraque sem o aval das Nações Unidas.

– O dever da comunidade internacional é favorecer a emergência de um Iraque livre, independente e democrático, capaz de contribuir para a estabilidade da região – afirmou o ministro.