Vice-presidente do Salgueiro é morto na saída do ensaio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007 as 10:17, por: cdb

O vice-presidente da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro, Guaraci Paes,  foi morto a tiros, na madrugada desta quarta-feira, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio. Ele e a esposa Simone Moujarkian, saíam da quadra da escola quando tiveram o carro metralhado.

O casal estava em um Peugeot preto que foi abordado por bandidos e alvejado com 20 tiros de fuzil, na Rua Maxwell, no Andaraí, , em frente a um supermercado. As vítimas morreram na hora. Policiais que atendiam a uma outra ocorrência próximo ao local, ouviram os tiros, mas quando chegaram já encontraram o carro sobre a calçada. Em pouco tempo vários integrantes do Salgueiro chegaram ao local. A filha do vice-presidente entrou em desespero. Os corpos já estão no Instituto Médico-Legal (IML) e serão liberados no início da tarde.

A polícia não tem pistas dos assassinos, mas pela quantidade de tiros acredita que foi uma execução.  Foi o segundo caso de violência envolvendo diretores da escola. Em setembro de 2004, o bicheiro Waldomiro Paes Garcia, o Maninho, na época presidente do conselho fiscal do Salgueiro, também foi morto a tiros. Segundo a polícia, a execução teria ligações com a guerra pela disputa de pontos dos caça-níqueis.