Via de tráfico é liberada por camponeses na Bolívia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de abril de 2004 as 01:20, por: cdb

Os camponeses da região cocaleira de Yungas, na Bolívia, desbloquearam uma estrada depois de conseguir do governo um compromisso para suspender a construção de um posto de controle policial na região. A informação foi divulgada na última quarta-feira por fontes oficiais.

Os produtores de coca de Yungas, no centro-oeste da Bolívia, mantinham a estrada fechada desde a última segunda-feira em protesto à construção do que consideram ser um quartel da Polícia destinado à erradicação de suas plantações.

Fontes do Ministério do Interior confirmaram que a estrada foi desbloqueada no final da tarde, quando as autoridades atenderam ao pedido dos agricultores.

O acordo foi assinado pelo ministro do Interior, Alfonso Ferrufino, que viajou até a cidade de Unduavi, cerca de 40 quilômetros ao leste de La Paz, para negociar a solução com os camponeses.

O ministro ressaltou aos cocaleiros que o governo não ordenará um plano de erradicação das plantações de coca em Yungas, como em Chapar, no centro do país, onde todos os cultivos são ilegais.

Depois do acordo, o trânsito de carros, caminhões e ônibus se restabeleceu na estrada, disseram as fontes.