Vettel confirma liderança enquanto Massa reclama dos pneus

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 27 de março de 2011 as 13:01, por: cdb
Sebastian Vettel
O alemão Sebastian Vettel, à sua maneira, sempre contida, comemora a primeira vitória na temporada

O piloto alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, venceu a primeira prova da temporada 2011 da F-1, no circuito de Melbourne, na madrugada deste domingo. A corrida, para o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, é uma daquelas para deixar de fora do curriculo. Chegou em sétimo, ainda assim porque foi beneficiado com a desclassificação dos pilotos da Sauber. Ele culpou a falta de aderência dos pneus.

Lewis Hamilton, da McLaren, segundo colocado, seguiu de perto o atual campeão da categoria. A surpresa, no entanto, ficou reservada ao terceiro lugar da prova, com a chegada do russo Vitaly Petrov, da Renault. Fernando Alonso (Ferrari) e Mark Webber (Red Bull) conquistaram a quarta e quinta colocações, respectivamente. Jenson Button, da McLaren, chegou em sexto.

Já Rubens Barrichello, da Williams, é outro que deve procurar esquecer o GP da Austrália o quanto antes. Foi mal nos treinos, largou na 17ª colocação e logo no início da prova, caiu para o último lugar. Quando ameaçou uma recuperação, errou ao tocar no carro de Nico Rosberg (Renault), os dois rodaram e o alemão teve que abandonar a prova. O brasileiro seguiu por mais alguma tempo, mas quebrou logo em seguida, na 48ª volta.

Desgaste dos pneus

Felipe Massa desceu do seu carro visivelmente decepcionado, no término do GP da Austrália. A nona posição, que se transformou em sétima algumas horas depois com a desclassificação da dupla da Sauber, foi um resultado que o brasileiro não contava.

– Nossa classificação não foi boa, mas depois da largada, achei que a corrida teria um final diferente – disse Massa aos jornalistas.

O piloto culpou o desgaste excessivo de seus pneus traseiro.

– Precisamos tentar entender o que aconteceu, porque o consumo foi muito maior que o normal e maior que o do Fernando também – reclama.

Para Massa, a vitória de Vettel não chega a ser uma surpresa.

– Assim como vinha acontecendo no ano passado, eles foram muito superiores na classificação e um pouco menos na corrida. Mas faltou um pouco de performance da nossa parte – pontuou.

Classificação do GP da Austrália

1. Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – 1h29min30s259 (58 voltas)
2. Lewis Hamilton (ING) – McLaren – +22s2
3. Vitaly Petrov (RUS) – Renault – +30s5
4. Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – +31.7
5. Mark Webber (AUS) – Red Bull – +38s1
6. Jenson Button (ING) – McLaren – +54s3
7. Felipe Massa (BRA) – Ferrari – +85s1
8. Sebastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – a 1 volta
9. Adrian Sutil (ALE) – Force India – a 1 volta
10. Paul di Resta (ESC) – Force India – a 1 volta
11. Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – a 1 volta
12. Nick Heidfeld (ALE) – Renault – a 1 volta
13. Jarno Trulli (ITA) – Lotus – a 2 voltas
14. Jerome D’Ambrosio (BEL) – Virgin – a 4 voltas

Abandonaram a prova
Timo Glock (ALE) – Virgin
Rubens Barrichello (BRA) – Williams
Nico Rosberg (ALE) – Mercedes
Heikki Kovalainen (FIN) – Lotus
Michael Schumacher (ALE) – Mercedes
Pastor Maldonado (VEN) – Williams

Desclassificados
Sergio Perez (MEX) – Sauber – +65s8
Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – +76s8