Vereador tucano que cobrava inscrição para o Fome Zero é preso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de junho de 2003 as 21:25, por: cdb

O vereador Joaquim Pereira de Almeida (PSDB), do município de Tupanatinga, a 311 quilômetros do Recife, foi preso e autuado em flagrante cobrando R$ 10,00 para inscrever gente da zona rural no programa federal Fome Zero.

A denúncia foi feita pelo prefeito Manoel Ferreira dos Santos (PMDB) à polícia, depois de ouvir o relato de algumas pessoas nesse sentido.

O prefeito delegou à igreja a função de gerir o programa no seu município, por entender que a entidade cuidaria do assunto sem favorecimentos, beneficiando quem realmente passa fome.

Ele não sabia da prisão do vereador e afirmou não ter conhecimento se estava recrutando e cobrando somente pessoas pobres ou aqueles que nem teriam direito ao benefício de R$ 50,00 mensais para a compra de alimentos.

De acordo com a polícia, o vereador passou mal ao ser preso e está internado, sob custódia, no Hospital Santa Ifigênia, em Caruaru, a 130 quilômetros da capital.