Ventania faz duas vítimas em Rio Grande

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de outubro de 2001 as 14:09, por: cdb

Rio Grande ficou sem energia elétrica e água potável após um temporal com ventos de mais de 100 quilômetros por hora na tarde desta segunda-feira. Cerca de 20 postes de iluminação pública vieram abaixo com os ventos. São José do Norte, que fica ao lado de Rio Grande, ficou isolada com o temporal.

Na cidade de Rio Grande, no litoral sul do estado do Rio Grande do Sul, o muro de um estacionamento caiu sobre uma casa, provocando a morte de João Peterson, de 18 anos, e de sua namorada, Josiane, de 23. Outra mulher que estava na casa sofreu ferimentos nas pernas.

Na região de Pelotas, também no litoral sul, os ventos começaram ainda na madrugada. Capão do Leão, Arroio do Padre, Morro Redondo e Canguçu estão entre os municípios mais afetados.

No litoral norte, Palmares do Sul e Mostardas ficaram com abastecimento parcial de luz. Pinhal e Tavares também foram atingidos por cortes de energia.

Em Porto Alegre, a capital do estado, o abastecimento de energia está prejudicado em diversos bairros. A região mais afetada é a zona sul da cidade.

Cerca de 20 equipes da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) foram para as ruas para avaliar os estragos. Não há previsão para a normalização do serviço.

O telhado da Igreja Universal do Reino de Deus desabou em Porto Alegre. Não houve feridos no incidente.