Venezuela passa a transmitir energia para Roraima

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de agosto de 2001 as 17:55, por: cdb

Com a presença do presidente de Cuba, Fidel Castro, no mesmo palanque armado em Santa Elena do Uairén, na Venezuela, os presidentes Fernando Henrique Cardoso e Hugo Chavez assinaram nesta segunda-feira, um comunicado conjunto, no qual falam sobre temas de interesse bilateral, regional e internacional. Entre os pontos destacados no comunicado estão a importância da linha de transmissão elétrica, inaugurada oficialmente hoje na cidade venezuelana e em Boa Vista, como “um elemento prioritário para o desenvolvimento dos dois países e para a construção da integração física regional”.

Os presidentes também revisaram a atual situação hemisférica e reiteraram compromisso de contribuir para consolidação de um Espaço Econômico Sul Americano. Fidel Castro, que acompanhou os presidentes brasileiro e venezuelano, está em visita oficial àquele país e neste domingo completou 75 anos.

Em seu discurso, o presidente Fernando Henrique Cardoso disse que a importação de energia da Venezuela pelo Brasil se destina exclusivamente a resolver o problema de Roraima e que, como esse Estado tem um sistema energético isolado do restante do País, a compra da energia não terá impacto direto sobre os efeitos do racionamento.

Fernando Henrique falou com jornalistas após a cerimônia de inauguração de uma subestação de energia elétrica na Venezuela. Ele disse que, apesar de a energia venezuelana se destinar apenas a Roraima, essa importação, de qualquer maneira, é um bom sinal.