Velocidade máxima na Avenida Rondon Pacheco será de 60km/h

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 11:20, por: cdb

Nas próximas semanas, outras modificações serão feitas na avenida Rondon Pacheco. Além de trabalhar no alargamento da via, na readequação da geometria viária, na construção de viadutos, na revitalização e ampliação no sistema de drenagem pluvial da área, a Prefeitura de Uberlândia iniciará a instalação de mais de 70 placas que sinalizam a alteração da velocidade máxima de circulação permitida na avenida.

A intervenção faz parte do conjunto de propostas feito pelo Uberlândia Integrada, programa de inclusão social e urbana criado pelo prefeito Odelmo Leão. ”Esta é uma avenida onde transitam milhares de motoristas por dia e nossa preocupação é garantir a fluidez ao longo da Rondon Pacheco. Este conceito nada tem a ver com alta velocidade e sim com a humanização do trânsito. Estamos investindo constantemente em projetos que contemplem a mobilidade urbana e, especificamente no caso desta via, onde está sendo executado um plano específico para melhorar a circulação e garantir mais segurança a todas as pessoas que utilizam a Rondon, sejam elas motoristas, ciclistas, pedestres ou motociclistas”, apontou o prefeito Odelmo Leão.

Atualmente, a velocidade máxima permitida para circular na avenida Rondon Pacheco é de 70km/h. Com a alteração, os motoristas não poderão ultrapassar os 60km/h. De acordo com Divonei Gonçalves, secretário municipal de Trânsito e Transportes, esta é apenas uma das intervenções que serão realizadas na via. “No decorrer das obras, estão previstas outras ações além da instalação de placas de regulamentação de velocidade. O projeto de revitalização da Rondon contempla ciclovias e calçadas. Também implantaremos outros mecanismos de segurança e acessibilidade, como travessias elevadas e semáforos, assim como faremos a readequação dos equipamentos de fiscalização eletrônica em diversos trechos da avenida”, explicou o secretário.