Vaticano manterá representante do Papa em Bagdá em caso de guerra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de março de 2003 as 16:50, por: cdb

O Vaticano manterá o representante do Papa em Bagdá em caso de uma intervenção armada contra o Iraque, anunciou nesta sexta-feira o porta-voz do Vaticano, Joaquim Navarro-Valls.

“A nunciatura apostólica de Bagdá permanecerá aberta, mesmo no caso de uma eventual intervenção armada contra o Iraque”, disse Navarro-Valls.

O porta-voz acrescentou que é uma tradição constante da Santa Sede fazer com que seus representantes diplomáticos permaneçam próximos as populações que foram enviados, mesmo “em caso de perigo extremo”.

O núncio apostólico no Iraque é Renzo Fratini e seu secretario é o reverendo Jean-Francois Lantheaume.

O Vaticano tem mantido uma diplomacia ativa frente à crise iraquiana.

O mês passado o Papa enviou um representante para o Iraque e recebeu no Vaticano o vice-premier deste país, Tarek Aziz.