Vasco quer manter o bom trabalho de Ricardo Gomes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de agosto de 2011 as 11:05, por: cdb
O resultado de exame do técnico Ricardo Gomes evidenciou ausência de aneurisma cerebral.

O bom trabalho do técnico Ricardo Gomes tem que continuar. É com esse pensamento que o elenco vascaíno entra em campo nesta quarta-feira, para enfrentar a equipe do Ceará, às 18h, em São Januário, pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro. O time será comandado pelo auxiliar e velho amigo de Ricardo Gomes, Cristovão Borges, que terá a ajuda do técnico dos juniores, Gaucho.

– Vamos tentar fazer o time continuar a jogar bem e seguir vencendo. É o que podemos fazer, o que ele (Ricardo Gomes) gostaria que a gente fizesse. Temos que rezar, torcer por ele e nos concentrarmos por um momento no jogo para satisfazê-lo –, disse Cristovão.

– Estamos tristes com a situação do nosso técnico. Ricardo Gomes é nosso pai no Vasco, pessoa do bem e todo mundo gosta dele. Ele conseguiu deixar nossa equipe competitiva, conquistamos a Copa do Brasil e estamos bem no Brasileiro. Ricardo precisa ser bem representado e vamos entrar com tudo para conseguir a vitória diante do Ceará. Vamos jogar pelo Ricardo Gomes –, disse o meia Diego Souza.

Em coletiva realizada nesta terça-feira, o diretor geral do Hospital Pasteur, Ricardo Periard, o médico clínico Fabio Miranda e o neurocirurgião José Antônio Guasti, informaram que o técnico Ricardo Gomes foi submetido a uma angiotomografia computadoriza (um exame que mapeia os vasos sanguíneos cerebral) e o resultado evidenciou ausência de aneurisma cerebral.

Nesta quarta-feira, os sedativos foram retirados, e o comandante vascaíno já está respondendo aos primeiros contatos. Segundo os médicos, ele esboça movimentos de ambos os lados do corpo, sendo o esquerdo muito mais do que o direito, que foi afetado. O risco de morte, no entanto, ainda existe, embora tenha diminuído consideravelmente.

– Esse resultado é bastante satisfatório. Isso sinaliza que possivelmente não haverá necessidade de uma nova intervenção cirúrgica no momento –, esclareceu o médico José Guasti.

Sobre o fim da sedação, o dr. Fabio Miranda informou:

– Não existe um prazo definido. Esse tempo de 72 horas para a retirada da sedação não é uma questão matemática. Na realidade, essas primeiras horas são críticas e fundamentais para avaliar e definir as condutas terapêuticas que serão adotas diariamente –, disse o médico.

Apesar de permanecer grave, o paciente está com todas as suas funções orgânicas dentro da normalidade. Ele encontra-se estável, porém sedado, respirando sob auxílio de aparelhos.

– Todo o trabalho das equipes do Hospital Pasteur está voltado para a manutenção da vida do paciente. O fato de ele estar estável significa uma vitória –, enfatizou dr. Ricardo Periard.

Vasco x Ceará

Local: São Januário

Data: 31/08, às 18h

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Vasco: Fernando Prass, Allan, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Éder Luís e Alecsandro.

Ceará: Diego, Boiadeiro, Edmílson, Erivélton e Vicente; Michel, Cléber, Eusébio e Thiago Humberto; Osvaldo e Marcelo Nicácio.