Vasco goleia o Friburguense por 4 a 1

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de janeiro de 2003 as 22:42, por: cdb

Com dois gols de Petkovic, o Vasco goleou o Friburguense por 4 a 1, na noite desta quarta-feira, em São Januário, pela terceira rodada do Campeonato Estadual do Rio. Danilo e o jovem Anderson, de 18 anos, marcaram os outros dois. Gil Bala, de pênalti, fez o único do time serrano.

Com o resultado, a equipe vascaína chegou aos sete pontos e assumiu a vice-liderança isolada da competição, atrás apenas do Flamengo, que tem nove. O Friburguense, por sua vez, continua segurando a lanterna: em três jogos, ainda não pontuou.

Com Léo Lima ditando o ritmo do jogo, o Vasco começou pressionando. Logo aos cinco minutos, depois de um lance confuso, a bola sobrou limpa para Petkovic, que perdeu ao chutar em cima do goleiro Jéferson.

Era o prenúncio do que viria a seguir. Aos 9, Valdir dominou uma bola pelo lado direito da área, girou e rolou para Danilo, que fuzilou rasteiro de pé direito para abrir o placar.

A torcida ainda comemorava quando o Vasco marcou o segundo, aos 10 minutos: Russo fez excelente jogada pelo lado direito e cruzou na cabeça do estreante Anderson, que só teve o trabalho de escorar de dentro da pequena área.

A vantagem não esmoreceu o ímpeto ofensivo vascaíno. Aos 21 minutos, Petkovic cobrou falta da esquerda, o goleiro Jéferson não segurou e quase levou um frangaço. A bola, porém, bateu no travessão e na sobra Valdir desperdirçou.

Aos 26 minutos, o Vasco fez o terceiro. Valdir dominou na entrada da área e deu um passe açucarado para Petkovic, que entrou sozinho e tocou com categoria na saída do goleiro Jéferson.

A partir daí, a equipe cruzmaltina deu uma afrouxada na marcação e o Friburguense aproveitou para atacar um pouco mais. Aos 37 minutos, o time serrano descontou. Nil recebeu um passe na esquerda e foi derrubado por Léo Lima dentro da área. Pênalti, que Gil Bala cobrou com firmeza, sem chances para Fábio.

Até o fim do primeiro tempo, os dois times tiveram chances para marcar. Aos 38, Anderson desviou um cruzamento de Pet e colocou a bola no travessão. Já aos 43, a zaga do Vasco bateu cabeça e Maurinho perdeu gol feito, tocando na trave esquerda de Fábio.

A segunda etapa iniciou com o Friburguense melhor em campo. Aos dois minutos, Bidu deu uma furada após passe de Maurinho; aos cinco, a zaga vascaína falhou ao tentar a linha de impedimento e Abedi entrou livre, mas tocou fraco nas mãos de Fábio.

Insatifeito, o técnico do Vasco, Antônio Lopes, resolveu tirar o garoto Anderson para a entrada de Cadu. A equipe, porém, continuou apática, atuando em ritmo de treino.

Mas, mesmo assim, ampliou o marcador. Aos 26 minutos, Edinho recebeu na linha de fundo e cruzou para a área. Valdir tentou de cabeça, a bola bateu no pé do zagueiro do Friburguense e Petkovic, de frente para o goleiro, não vacilou: 4 a 1.

O quarto gol vascaíno tornou a partida ainda mais desinteressante e o placar não se alterou. A reduzida torcida que compareceu a São Januário em noite chuvosa só se animou de novo para ovacionar o meia Léo Lima, que saiu aos 33 minutos para a entrada de Siston.

Na próxima rodada, o Vasco tem o clássico contra o Fluminense, domingo, no Maracanã. Já o Friburguense vai receber o Botafogo no sábado tentando pontuar pela primeira vez no campeonato.

FICHA TÉCNICA
VASCO 4 X 1 FRIBURGUENSE

Estádio: São Januário
Data-hora: 29/01 – 20h30
Renda e Público: não divulgados
Árbitro: Luís Antônio Silva dos Santos
Auxiliares: João Luiz Ribeiro e Délcio Brum
Cartões Amarelos: Sérgio Gomes, Cadão, Tota, Nil e Alexandre(Fri); Valdir, Rogério Pinheiro e Léo Lima (Vas)
Gols: Danilo, aos 9′(1×0); Anderson, aos 10′(2×0); Petkovic, aos 26′(3×0); Gil Bala, aos 37′(3×1);
VASCO: Fábio, Russo (Bruno Lazaroni 46′), Alex, Rogério Pinheiro e Edinho; Henrique, Léo Lima (Siston 78′), Petkovic e Danilo; Valdir e Anderson (Cadu 61′). Téc.: Antônio Lopes
FRIBURGUENSE: Jéferson, Sérgio Gomes, Cadão, Max e Nil (Messias 80′); Tota, Gedeil, Bidu, Abedi (Marquinhos 78′); Maurinho e Gil Bala (Al