Vasco e Inter jogam em Aracaju

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 31 de outubro de 2003 as 21:06, por: cdb

O povo sergipano terá neste domingo, às 18h, no estádio Batistão, a chance de ver uma partida pela Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Vasco e Internacional fazem uma partida de extremos: enquanto a equipe gaúcha tenta chegar à Libertadores 2004, o Vasco quer evitar a zona de rebaixamento.

Devido à interdição do estádio de São Januário e à perda de três mandos de campo, após os incidentes do jogo contra o Coritiba, o Vasco foi obrigado a buscar abrigo em outras terras. Depois de enfrentar o Fortaleza em Manaus, chega a Aracaju para desafiar o Colorado. Depois, ainda pega o Cruzeiro em Campo Grande.

O time está desfalcado de Edmundo, Beto e Régis, todos lesionados. Com isso, o técnico Mauro Galvão vai manter a mesma equipe que empatou com o Paraná, no último domingo. No ataque, Valdir terá a companhia de Alan, e o entrosamento preocupa o experiente goleador.

“O entrosamento com o Alan ainda não existe e não adianta dizer que está a mil maravilhas, porque atuamos juntos apenas no empate com o Paraná. Com a seqüência de jogos, o entendimento acontece naturalmente. Aí, você já sabe o que o companheiro quer e, mesmo de costas, sabe qual é a posição dele”, comentou Valdir.

O Inter tem como preocupação a alta temperatura de Aracaju, já que sofreu com o calor quando teve que enfrentar o Paysandu em Belém.

Apesar da preocupação, o zagueiro Sangaletti lembrou que a equipe do Vasco é perigosa e que o Inter não vai encontrar facilidades em Sergipe. “Nós precisamos vencer para ficar entre os cinco. Nós temos que facilitar o jogo, porque o Vasco não vai facilitar para nós. Faltam só sete jogos e vai ficar cada vez mais difícil agora”, admitiu Sangaletti.

VASCO X INTERNACIONAL

Data: 02/11/2003 (domingo)
Hora: 18h
Local: Batistão, em Aracaju (SE)
Árbitro:Antônio Hora Filho (SE)
Assistente: Edmo Oliveira Santos (SE) e Ivaney Alves de Lima (SE)

Vasco da Gama
Fábio, Claudenir, Wescley, Henrique e Victor Boleta; DA Silva, Ygor, Rodrigo Souto e Morais; Valdir e Alan.
Técnico: Mauro Galvão

Inter
Clemer, Wilson, Sangaletti e Vinícius; Gavilan, Flávio, Claiton, Élder Granja e Edu Silva; Diego e Daniel Carvalho.
Técnico: Muricy Ramalho