Varig vai vender subsidiárias para TAP por US$ 62 milhões

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 7 de novembro de 2005 as 18:31, por: cdb

A empresa aérea TAP Air Portugal vai participar do plano de reestruturação da Varig. O presidente da companhia aérea brasileira, Omar Carneiro da Cunha, disse nesta segunda-feira que a TAP vai comprar 95% das ações da VarigLog e 90% das ações da Varig Engenharia e Manutenção (VEM), no valor de US$ 62 milhões. Segundo ele, a TAP se comprometeu em fazer o pagamento nessa terça. O BNDES vai financiar US$ 42 milhões e o restante (US$ 20 milhões) virá da empresa portuguesa.

Cunha afirmou que o dinheiro será usado para pagar os contratos de aluguel de 40 aviões com as empresas norte-americanas de leasing e evitar que as aeronaves sejam apreendidas por ordem judicial.

– Entre as seis propostas apresentadas, a da TAP foi escolhida porque apresentava a intenção de manter a integridade do grupo, além disso, os valores a serem pagos eram superiores ao das demais – acrescentou Cunha.

O plano de reestruturação da Varig foi apresentado para os credores da companhia reunidos em assembléia na sede da Fundação Rubem Berta, na Ilha do Governador. Depois de ouvir a proposta, os credores interromperam a assembléia para analisar detalhadamente os itens sobre a venda das subsidiárias VarigLog e VEM.

Os funcionários da Varig são os maiores credores da companhia e estão preocupados com a manutenção dos empregos. Eles querem da TAP a garantia de que não haverá demissões e também a preservação do Fundo de Pensão dos funcionários (Aeros).