Varejão dará lugar ao Mercado Regional do Cajuru

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 07:05, por: cdb

Depois de 30 anos comercializando frutas e verduras frescas, o Varejão Capão da Imbuia abrirá pela última vez neste fim de semana, dias 3 e 4 de março. O local será desativado para a construção da Rua da Cidadania do Cajuru.

Todos os permissionários do Varejão Capão da Imbuia vão passar a atender no novo Mercado Regional do Cajuru, que será inaugurado no dia 17 de março. O mercado ficará na esquina das Ruas Maurício Fruet e Capitão João Busse, perto do Terminal Capão da Imbuia, a uma quadra e meia de distância do antigo Varejão.

“Esse é um processo de evolução. O Varejão tinha um limite de atendimento, pois só funcionava no fim de semana. Ali na região tem uma grande demanda da população e com o Mercado Regional vamos estender o atendimento para os dias de semana e vamos aumentar a qualidade de segurança alimentar dos produtos”, disse o secretário municipal do Abastecimento, Humberto Malucelli.

O Mercado Regional do Cajuru vai atender uma população de aproximadamente 190 mil habitantes, dos bairros Cajuru, Capão da Imbuia, Tarumã, Jardim das Américas, Jardim Botânico, Cristo Rei e Bairro Alto. Será o primeiro mercado regional da cidade a ser implantado com base no modelo de sucesso do tradicional Mercado Municipal de Curitiba.

Diferentemente do Varejão Capão da Imbuia, que só funcionava aos fins de semana, o Mercado Regional do Cajuru vai atender de terça a sexta-feira, das 8h às 20h. No sábado, das 7h às 18h e nos domingos, das 7h às 12h. Ao todo serão 1.600 metros quadrados de área construída e 72 vagas de estacionamento.

A construção é moderna e arejada. A cobertura tem telhas com isolamento térmico e a estrutura é com curvatura, para melhorar a circulação do ar. O Mercado Regional do Cajuru vai substituir o Varejão Capão da Imbuia, que será desativado no ano que vem para a construção da Rua da Cidadania do Cajuru.

História – O Varejão Capão da Imbuía foi o primeiro da cidade, criado no início da década de 1980. Ele sempre funcionou na mesma quadra, mas durante esse tempo mudou de local três vezes dentro do mesmo terreno. A Prefeitura tem também o Varejão Capão Raso, que funciona dentro do Shopping Popular.

Qualquer pessoa pode comprar nos varejões, não precisa de carteirinha ou cadastro. “O Varejão Capão da Imbuia tinha uma média de atendimentos de 3 mil a 3,5 mil pessoas por semana”, explicou Luis Mikosz coordenador do Varejão Capão da Imbuia.
Dos 30 anos de existência do Varejão, Geraldo Mendes Ramos, de 66 anos, participou da metade da história do local. Ele trabalha desde 1996 fazendo a manutenção e limpeza do Varejão.

 “Vou sentir falta daqui. Passei uma grande parte da minha vida aqui dentro, mas vão ficar as boas lembranças e os amigos que fiz. Essa é uma região muito boa e sempre lotava nos fins de semana.”, afirmou.

O secretário municipal do Abastecimento, Humberto Malucelli, afirmou que a mudança para o Mercado Regional do Cajuru trará mais conforto tanto para os comerciantes quanto para os clientes.

O comerciante Humberto Fernandes, que há 7 anos atuava no Varejão Capão da Imbuia, está animado para começar a trabalhar no Mercado Regional do Cajuru. “A estrutura que foi montada aqui é excelente, espetacular. Estamos ansiosos para começar a trabalhar aqui no Mercado Regional. Os moradores aqui da região também não veem a hora de inaugurar a obra”, disse.