Valor dos salários em relação a 2003 subiu 1,9% em dezembro, diz IBGE

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 25 de janeiro de 2005 as 17:32, por: cdb

O número de empregos e o valor médio do salário no ano passado revelam recuperação se comparados a 2003. A constatação é da Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): a taxa de desemprego de 2004 ficou em 11,5%, enquanto a de 2003 atingiu 12,3%.

Em dezembro de 2004, a taxa foi de 9,6%, com queda de um ponto percentual em relação ao mês anterior. Em três das seis regiões metropolitanas pesquisadas, os resultados foram significativos: no Rio de Janeiro, queda de 9,4% para 8,5%; em São Paulo, de 11,2% para 9,8%; e em Porto Alegre, de 7,8% para 6,6%. Nas outras regiões, a pesquisa constatou estabilidade.

A pesquisa revela aumento de 4,2% em 2004, em relação a 2003, no número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado, responsável por 39,5% da população ocupada.

Quanto aos salários, em dezembro houve queda de 1,8% na média das regiões pesquisadas, em relação a novembro: em Recife (-2,6%), Belo Horizonte (-2,3%), Rio de Janeiro (-1,4%), São Paulo (-2,7%) e Porto Alegre (-2,7%). Apenas em Salvador houve uma variação positiva de 0,3%.

Em relação a dezembro de 2003, no entanto, o poder de compra dos trabalhadores apresentou alta média de 1,9%. Apenas Salvador (-3,6%) e Porto Alegre (-0,8%) registraram queda. Os resultados foram positivos em Recife (4,6%), Belo Horizonte (1,0%), Rio de Janeiro (3,8%) e São Paulo (2,4%).

O rendimento médio mensal ficou 1,8% inferior ao de novembro, que foi de R$ 912,28. Mas em relação a dezembro de 2003, a pesquisa do IBGE revela recuperação de 1,9% no poder de compra do trabalhador. O valor subiu de R$ 878,88 para R$ 895,40 mensais.