Vale recebe R$186 milhões do BNDES para investir em energia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 17 de junho de 2003 as 19:34, por: cdb

A Companhia Vale do Rio Doce conseguiu um financiamento de 186 milhões de reais do BNDES para a construção de duas usinas hidrelétricas em Minas Gerais que fazem parte do projeto da empresa de chegar ao final desta década atendendo metade do consumo com energia própria.

De acordo com o diretor financeiro da Vale, Fábio Barbosa, a empresa já possui três hidrelétricas e pretende construir mais sete, incluindo as duas aprovadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Aymoré e Funil.

“Esta é a primeira captação significativa em reais da Vale este ano”, disse a jornalistas antes de apresentação a analistas de mercado sobre o desempenho no primeiro trimestre da empresa. Ele lembrou que, em janeiro, a empresa captou 300 milhões de dólares com o banco de fomento japonês JBIC. Em abril, foram 64 milhões de dólares com o Eximbank norte-americano.

Segundo Barbosa, a empresa não vê necessidade de mais captações pois considera que o risco Brasil ainda está alto. “Não temos necessidade de travar posições que podem mudar mais à frente”, disse.

A Vale também descarta a necessidade de captação para honrar o pagamento de 426,4 milhões de dólares que terá de desembolsar para comprar da Caemi, cuja aprovação está sendo analisada pela Comissão Européia. A decisão era aguardada para junho, porém a Comissão pediu informações adicionais. Segundo Barbosa, a autorização deve ocorrer “em algum momento de julho”.