Uruguai lamenta ausência de Lula na 16ª Cúpula Ibero-Americana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 2 de novembro de 2006 as 16:54, por: cdb

A ausência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na 16ª Cúpula Ibero-Americana, nesta quinta-feira, pelo chanceler uruguaio, Reinaldo Gargano. O encontro será inaugurado nesta sexta-feira, em Montevidéu. O governo brasileiro anunciou que Lula não poderá comparecer devido ao cansaço causado pela exaustiva campanha eleitoral.

– É uma pena, pois Lula sempre demonstrou um forte compromisso com a região -, afirmou.

Segundo o chanceler, Lula representa uma das correntes de pensamento mais enraizadas da América Latina, e sua ausência será muito sentida. Gargano afirmou no entanto que, apesar da ausência de Lula, o Brasil terá uma representação muito importante, liderada pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e que tem “um firme compromisso” com a comunidade ibero-americana.

Segundo Gargano, Lula prometeu que sua primeira visita, logo que estiver recuperado, será ao Uruguai. Desde que assumiu a Presidência do Brasil, em 1º de janeiro de 2003, Lula esteve presente em duas cúpulas ibero-americanas: a de Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), em 2003, e a de Salamanca (Espanha), em 2005.

Além de Lula, os presidentes de Cuba, Guatemala, Nicarágua, Panamá e República Dominicana já confirmaram que não comparecerão à reunião de Montevidéu. A presença do presidente peruano, Alan García, ainda é uma incógnita.

A 16ª Cúpula Ibero-Americana de chefes de Estado e de Governo acopntecerá na capital uruguaia entre sexta-feira e domingo.