Unicamp receberá filial de biblioteca referência em história da arte

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 8 de março de 2003 as 10:08, por: cdb

Uma das bibliotecas mais importantes do mundo em história da arte ganha “filial” em terras brasilis. Depois de longuíssimas idas e vindas burocráticas a Unicamp receberá na próxima semana a cópia integral da Biblioteca Cicognara.

Conjunto de 5.000 livros colecionados pelo conde italiano Francesco Leopoldo Cicognara (1767-1834), autor de uma imbatível história da escultura do século 13 ao 18, a coleção está desde 1824 no Vaticano.

Há dez anos, a Universidade de Illinois (EUA) começou ambicioso projeto de reprodução de cada um dos tomos em microfichas -versão melhorada dos microfilmes.

É um conjunto dessas 40 mil fichas, disponíveis em poucas e boas universidades do globo, que aterrissa, pela primeira vez na América Latina, na Universidade de Campinas.

Coordenado por Luiz Marques, ex-curador-chefe do Masp e professor da Unicamp, o projeto de aquisição da biblioteca (com recursos da Fapesp, cerca de US$ 36 mil/R$ 126 mil) não pára aí.

Com o nome “A Constituição da Tradição Clássica”, o programa envolve uma série de pesquisas e publicações.