Unesco alerta para falta de professores em 5 anos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de janeiro de 2005 as 15:28, por: cdb

A Unesco, agência cultural e científica das Nações Unidas, disse nesta quinta-feira que o número de professores será “significativamente reduzido” nos próximos cinco anos.

Asghar Hussain, diretor do setor da Unesco que cuida das políticas de educação, disse que o problema será pior em 25 países da África Subsaariana, onde centenas e talvez milhares de professores vêm morrendo por conta da epidemia de Aids.

– Estamos muito preocupados, já que um grande número de professores de países em desenvolvimento estão migrando para países mais desenvolvidos em busca de melhores oportunidades – disse Hussain.

O diretor fez as declarações durante um encontro sobre políticas educacionais na cidade de Hyderabad, na Índia.

O órgão da ONU pede mais investimentos, de bilhões de dólares, para tentar resolver a crise da falta de professores no mundo.

Segundo a Unesco, o principal desafio é capacitar profissionais nos países em desenvolvimento para que eles possam cumprir as metas do Milênio da ONU.

Pelas metas, todas as crianças devem receber uma educação adequada até 2015.