Uaps Cruzeiro do Sul e Jardim Natal realizam Grupos de Direitos Reprodutivos nesta semana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 12:45, por: cdb

JUIZ DE FORA – 25/1/2012 – 11:42

Uaps Cruzeiro do Sul e Jardim Natal realizam Grupos de Direitos Reprodutivos nesta semana

As Unidades de Atenção Primária à Saúde (Uaps) dos bairros Cruzeiro do Sul e Jardim Natal estão promovendo, nesta semana, encontros dos Grupos de Direitos Reprodutivos. O objetivo da iniciativa é discutir a sexualidade com usuários e informar sobre a importância do planejamento familiar. Na Uaps Cruzeiro do Sul, o primeiro encontro foi realizado na última terça-feira, 24, e outra reunião será promovida nesta quarta-feira, 25, às 16h. Na unidade do Jardim Natal, o encontro será nesta quinta-feira, 26, a partir das 17h30.

Segundo a supervisora da unidade Jardim Natal, Maria de Lourdes Stroppa, os agentes Comunitários de Saúde (ACS) estão realizando trabalho de busca ativa na comunidade, a fim de dar prioridade aos usuários que não podem comparecer à Uaps no horário de funcionamento. “Devido a solicitações, vamos atender após o expediente, já que muitos trabalham em período integral e não podem comparecer à unidade”, ressalta. Os usuários que não realizarem inscrições previamente e que procurarem a unidade serão encaixados nos grupos de acordo com a disponibilidade de vagas.

Na Uaps Cruzeiro do Sul, o encontro é dividido em duas sessões. “No primeiro dia, falamos sobre a fisiologia do corpo humano, tiramos dúvidas sobre ciclo menstrual e métodos contraceptivos. Nesta quarta, vamos debater temas mais polêmicos, como doenças sexualmente transmissíveis e Aids (DST/Aids), homoafetividade e planejamento familiar”, informa a supervisora da unidade, Sandra Oliveira. Na primeira reunião compareceram cerca de 10 participantes. Já na Uaps Jardim Natal, a expectativa é de que 20 pessoas participem do encontro.

Entre os métodos contraceptivos apresentados durante o encontro estão a tabela, o método muco cervical, a utilização de pílulas e anticoncepcionais injetáveis, Dispositivo Intrauterino (DIU), diafragma e preservativos. “Além disso, abordaremos os processos cirúrgicos de laqueadura, na mulher, e de vasectomia, no homem”, complementa Sandra. Concluído o ciclo de palestras, os participantes serão orientados sobre qual método é o mais adequado à sua realidade.

* Informações com a assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde, pelos telefones 3690-7123 / 7389.
SECRETARIA DE SAÚDE