TV Senado terá sinal digital aberto em todas as capitais 

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 16:42, por: cdb

O presidente do Senado, José Sarney, e o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, assinaram nesta quinta-feira (1º) uma portaria para ampliar a transmissão da TV Senado. Outra portaria assinada autoriza a TV Senado a fazer a multiprogramação, que é a subdivisão do canal para compartilhamento de programação.

Com a autorização do Ministério das Comunicações, o sinal da TV Senado poderá ser transmitido em qualidade digital e em sinal aberto para todas as capitais do Brasil. Segundo o ministro Paulo Bernardo, a ideia é usar a estrutura das TVs das assembleias e tribunais estaduais para transmitir a programação da TV Senado.

Sarney agradeceu a Paulo Bernardo e elogiou a boa vontade do Ministério das Comunicações com as demandas da TV Senado. Para Sarney, a transmissão da programação para todas as capitais é uma forma de ampliar o processo de transparência da Casa.

O presidente do Senado comentou que a TV permite ao cidadão acompanhar as atividades do Senado e fazer sugestões e críticas aos senadores. Ele ainda destacou a possibilidade de parceria com as assembleias e tribunais, que permite a redução de custos, e a qualidade técnica dos funcionários da área de comunicação do Senado.

– A TV é um instrumento de cidadania que está à disposição do povo brasileiro – afirmou.

A cerimônia de assinatura ocorreu no gabinete da Presidência do Senado e foi acompanhada pelos senadores Eduardo Braga (PMDB-AM), Sérgio Souza (PMDB-PR), Valdir Raupp (PMDB-RO), Paulo Davim (PT-AC) e Benedito de Lira (PP-AL). O secretário de Comunicação do Senado, Fernando César Mesquita, e a diretora da TV Senado, Leila Daher, também estiveram presentes.

Tércio Ribas Torres / Agência Senado