Turquia adverte contra abusos na volta de refugiados à Kirkuk

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de janeiro de 2005 as 08:16, por: cdb

O ministro turco de Exteriores, Abdullah Gul, advertiu, nesta quinta-feira, contra os supostos abusos produzidos na volta de refugiados curdos à conflituosa cidade de Kirkuk, no norte do Iraque.

– Todos que tiverem nascido em Kirkuk, que sejam originários de Kirkuk, e que tenham sido obrigados a abandonar a cidade, têm direito a voltar para casa. Assim se convencionou e é aceitável. Mas estamos preocupados porque se está abusando disto, e este abuso não só perturba a Turquia, mas também outros. – países, disse Gul.

A Turquia sustenta que os curdos iraquianos estão tentando mudar a composição demográfica de Kirkuk, cidade onde vivem há séculos árabes, curdos e turcomanos em proporções distintas, segundo as fontes.

Os curdos chamam Kirkuk de “coração do Curdistão”, apesar de a cidade não estar dentro das três províncias oficialmente chamadas curdas, e por isso reclamam que a região e sua província – rica em jazidas de petróleo – seja incluída na área autônoma curda.