Turista paga R$ 2,7 mil por uma cerveja em Roma

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de maio de 2006 as 13:18, por: cdb

Ele já tinha escutado que Roma era uma cidade cara, mas nada preparou esse turista de Hong Kong para uma cerveja de 990 euros (US$ 1.251 ou R$ 2,7 mil). O despreparado visitante recebeu a exorbitante conta por uma cerveja que tomou em um bar perto da famosa Via Veneto, onde as cervejas custam por volta de 10 euros, informou a prefeitura de Roma. O turista, que viajava sozinho, foi convidado a entrar no bar por um garçom que lhe serviu cerveja e depois disse que a bebida custaria 990 euros.

Ele pechinchou e conseguiu baixar a conta para 490 euros, mas o dono do bar acabou cobrando 990 euros do seu cartão de crédito.

– Quando a conta chegou, achei mais seguro pagá-la. Estava com medo de que alguma coisa me acontecesse se eu não pagasse – afirmou o homem, cujo nome não foi revelado, à prefeitura da cidade, que está investigando o crime.

O turista, que nasceu em Hong Kong mas vive na Alemanha e possui passaporte britânico, tentou denunciar a fraude à polícia, mas disse que não conseguiu se fazer entender porque ninguém falava inglês. O turismo em Roma aumentou durante os últimos cinco anos, o número de visitantes em abril cresceu 60% com relação a um ano atrás, mas os desavisados podem achar que os encantos da Cidade Eterna foram obscurecidos pela luta para conseguir um preço justo.

Muitos turistas contam histórias de cobranças exorbitantes em bares, restaurantes e hotéis, mas geralmente empalidecem diante de casos de taxistas que cobram centenas de euros por uma viagem e que jogam quem se recusa a pagar no acostamento da estrada.