Três pescadores são resgatados com vida em Itajaí

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de março de 2004 as 18:45, por: cdb

A Marinha conseguiu resgatar três sobreviventes e o corpo de Márcio Corrêa da Silva, dos 13 pescadores catarinenses que naufragaram na madrugada de domingo com os pesqueiros Válio II e Antonio Venâncio, de Itajaí. Nove pescadores continuam desaparecidos.

Luciano da Silva foi resgatado ontem de manhã depois de 11 horas no mar. Com um colete salva-vida e agarrado a um pedaço da quilha do barco, ele enfrentou a noite e o ciclone no mar. Já os pescadores Ricardo da Silva, irmão de Luciano, e Hamilton da Rosa, foram resgatados na tarde desta segunda-feira, depois de 36 horas no mar, a cerca de 20 quilômetros de Araranguá. Eles estão bem e só amanhã serão transferido para terra.

Ao final da tarde de hoje um helicóptero do esquadrão de Rio Grande fez o translado para Laguna do corpo do marinheiro Márcio Corrêa da Silva.

Luciano da Silva contou que o dois barcos estavam pescando a 70 quilômetros da costa, quando foram orientados para retornar. Quando se encontravam à uma hora e meia do Farol de Santa Marta, em Laguna, foram surpreendidos pelo ciclone, com ondas de mais de cinco metros de altura. Os dois barcos pesqueiros estavam no mar desde o dia 9 de março, com previsão de retorno para o dia 2 de abril.