Treinamento de vigilância em saúde do trabalhador vai até sexta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 14:06, por: cdb

27/03/2012 – 17:03Treinamento de vigilância em saúde do trabalhador vai até sexta

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), Polo Carajás, iniciou ontem e prossegue até sexta-feira (30), no Hotel São Bento, Nova Marabá, o curso de Vigilância em Saúde do Trabalhador, que tem como objetivo aperfeiçoar os profissionais dos 22 municípios da área de abrangência do 11º Centro Regional de Saúde, à efetivação da Política de Saúde do Trabalhador na região.
 

Segundo Lucilene Sousa, coordenadora do CEREST, o treinamento por aulas teóricas e práticas, está capacitando 40 participantes à vigilância do trabalhador em seus ambientes de trabalho. Ao fim do treinamento, eles também estarão aptos à formação e orientação, em seus municípios, de equipes de investigação de acidentes de trabalho, uma das diversas de suas competências.
 

A investigação dos fatores determinantes e condicionantes dos agravos à saúde, relacionados ao trabalho, visam tanto o planejamento quanto execução, avaliação e intervenção nas situações que resultem em acidente de trabalho, de forma a eliminá-las, controlá-las ou até amenizar as condições das vítimas.
 

Acidentes de Trabalho – Em Marabá, por exemplo, no ano passado foram registrados 383 acidentes de trabalho, mas somente 111 foram investigados até agora. Desse total estudado, 19 foram considerados de trajeto; 87 típicos, ou seja, no ambiente de trabalho; e 05 ainda não tipificados.
 

Quanto à situação em que se encontram as vítimas pesquisadas, 91 delas estão curadas; 12 ainda estão com incapacidade temporária; 06 com incapacidade parcialmente permanente; 01 incapacitada e um óbito foi registrado no período.
 

No que se refere ao local de atendimento, três delas foram direto para o Hospital Regional (HR) do Sudeste do Pará, as demais foram cuidadas no HMM – Hospital Municipal de Marabá.
 

Em 2012, a SMS registrou até o momento 40 acidentes de trabalho: 22 em janeiro; 09 em fevereiro e, em março, 09, até ontem. Três indivíduos entraram direto no HR, via SAMU 192, e 37 foram tratados no HMM. Quanto ao tipo de acidente: 08 foram de trajeto e 32 típicos. Desse total de acidentados, 22 estão curados; 13 com incapacidade temporária e o restante ainda aguarda resultado, considerando ser muito recente.