TRE-SP mantém multas para Supliciy e Mercadante

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 1 de novembro de 2006 as 17:54, por: cdb

Na sessão plenária de terça-feira, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) manteve as multas aplicadas a diversos candidatos por propagandas irregulares durante as eleições. Os candidatos podem recorrer da punição no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para os candidatos do PT ao governo paulista, Aloizio Mercadante (derrotado), e ao Senado, Eduardo Suplicy (reeleito), o tribunal manteve a multa de R$ 7.448,70 para cada um devido ao uso de propaganda em outdoor no município de São Paulo.

A deputada estadual eleita Haifa Ali Abdul Rahim Madi (PDT) teve a multa de R$ 18.641,00 mantida pelos juízes por ter feito propaganda com placas, banners e cartazes de tamanho acima do permitido pela legislação, entre eles um exposto em um trio elétrico que circulava no município do Guarujá.

O deputado estadual eleito Roberval Conte Lopes Lima e a candidata a deputada federal não eleita Elizabeth Aparecida Carneiro de Campos Silva Abi Chedid, ambos do PTB, tiveram mantidas as multas de R$ 2 mil para cada um pela colocação de um cartaz de madeira numa praça em São Miguel Paulista, na capital.