Trapalhadas no metrô vêm desde administração José Serra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de agosto de 2011 as 11:13, por: cdb

Para ser preciso e refrescar a memória tucana e dos milhões de vítimas dessas trapalhadas dos gestores públicos do PSDB (leiam o post acima Fracasso da gestão Alckmin agora é no metrô), convém lembrar que no metrô paulistano nada dá certo desde a gestão José Serra (janeiro de 2007-abril de 2010).

O sistema metroviário e o de trens de subúrbio (interligados) apresentam falhas – muitas graves, que provocam até paralisações na circulação – em média a cada dois dias. O sindicato dos metroviários, com frequência se manifesta cobrando que isso ocorre por falta de investimentos na manutenção dos sistemas pelos tucanos. Eles governam o Estado há cinco mandatos, vão para 20 anos.

O mesmo é atestado pelo especialista em logística e transportes, José Augusto Valente, nosso colaborador habitual que várias vezes já registrou aqui que o metrô não tem sequer planos de emergência para as panes.

Com Geraldo Alckmin eu nunca vi um governo anunciar tanta obra e não iniciar nada. Ainda nessa madrugada a gente podia vê-lo no programa Jô Soares, da Rede Globo, com seu interminável rosário maçante de números que não se esgotam jamais e que, na prática, nunca se convertem em obras ou programas realmente iniciados no Estado.