Traficantes fazem comércio ilegal de gás no RJ

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de novembro de 2003 as 10:49, por: cdb

Os traficantes do Rio de Janeiro encontraram um novo e inusitado ramo de atuação. De acordo com o Jornal da Globo, os criminosos estão realizando assaltos aos caminhões das distribuidoras de gás nos acessos das principais favelas da cidade.

A ação dos traficantes chegou a criar uma nova função no mundo do crime: o gerente do gás – bandido responsável pelo comércio do produto roubado. Há um verdadeiro comércio ilegal do produto. Sem tem a quem recorrer, os moradores são obrigados a comprar os botijões nos depósitos controlados pelos traficantes nas favelas.

Conforme o delegado da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), Ruchester Marreiros, três caminhões de gás são roubados por dia. No fim de semana, no Jacarezinho, a polícia prendeu Paulo Francisco da Silva dentro de uma revenda de gás. Ele seria gerente da venda do produto na favela e é suspeito de participar de um seqüestro. Paulo é irmão do traficante Dani do Jacarezinho, preso em Bangu.

O superintendente do Sindicato dos Distribuidores de Gás, Sérgio Bandeira, informou que as empresas não têm como entrar no que ele chamou de “zonas restritas”. Bandeira explicou que a entidade gostaria de ter a segurança do poder público para vender os botijões de gás normalmente.