Traficantes assaltam supermercado no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 2 de outubro de 2002 as 00:36, por: cdb

Um grupo de adolescentes protegidos por traficantes armados até com metralhadoras invadiu às 20h30 desta terça-feira a filial do supermercado Carrefour no bairro da Usina, na zona norte do Rio.

Houve tiroteio entre seguranças do mercado e os invasores, que seriam cerca de 15. Segundo a assessoria do mercado, eles chegaram a saquear mercadorias, principalmente aparelhos eletrônicos.

Em pânico, os clientes e funcionários se jogaram no chão e correram para fora do mercado, que fica em frente ao morro do Borel, controlado pela facção criminosa CV (Comando Vermelho). Duas mulheres foram atendidas no centro médico do mercado, com crises nervosas.

Segundo testemunhas, duas rajadas de metralhadora chegaram a ser disparada por traficantes da favela. A primeira foi disparada para o alto. A segunda, contra uma das paredes do Carrefour.

Os seguranças não conseguiram prender os invasores, que fugiram para o Borel e para a vizinha favela da Indiana.

Policiais do 6º BPM (Batalhão de Polícia Militar) foram chamados e trocaram tiros com traficantes quando subiam o Borel em busca dos invasores.

Cerca de 20 policiais do Getam (Grupamento Especial Tático-Móvel) da PM (Polícia Militar) e da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) da Polícia Civil foram acionados para reforçar as incursões ao morro, na tentativa de prender os integrantes do grupo.

De acordo com a PM, o tiroteio ocorreu na entrada do morro, mas ninguém ficou ferido. Até às 22h40 nenhuma pessoa havia sido detida.

O mercado não informou o que foi roubado nem o valor dos prejuízos.