Trabalho escravo e tema de debates no TST

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de março de 2004 as 11:19, por: cdb

O desafio do combate ao trabalho escravo e as conseqüências da adoção da liberdade sindical foram os temas em debate nos dois painéis do segundo dia do Fórum Internacional sobre Direitos Humanos e Direitos Sociais, promovido pelo Tribunal Superior do Trabalho. Na primeira conferência, pela manhã, o senador Cristovam Buarque falou sobre “Direito: Assistência ou Abolição”.

No painel seguinte, o especialista inglês Roger Plant, chefe do Programa Internacional de Combate ao Trabalho Escravo da Organização Internacional do Trabalho (OIT) também abordou o tema durante sua palestra. Os outros integrantes foram Valderez Rodrigues, coordenadora do Grupo de Fiscalização Móvel do Ministério do Trabalho; Carmen Nascimento, coordenadora da Seção de Trabalho Forçado da OIT; e o advogado Roberto de Figueiredo Caldas, com mediação do ministro Simpliciano Fernandes. Está previsto o testemunho do Frei Xavier Plassat, que integra a Comissão Pastoral da Terra de Araguaína (TO).