Trabalhadores rurais permanecem presos a espera de julgamento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 as 17:04, por: cdb

Cinco trabalhadores rurais doassentamento São Francisco em Icapuí, no Ceará, estão detidos há sete meses sobacusações de crime de sequestro, roubo e formação de quadrilha. A ação aconteceuapós os trabalhadores impedirem que populares adentrassem a área doassentamento para tomar posse da colheita de castanha produzida pelosagricultores.

 

Segundo Marcelo Matos, assessor deimprensa do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Teto – CE, houve uma falhano sistema judiciário, pois os trabalhadores foram condenados sem legítimadefesa e não tiveram direito a defensoria pública, o que propicia acriminalização da reforma agrária. O julgamento foi transferido para a JustiçaEstadual e adiado para a próxima segunda-feira, dia 30 de janeiro, com a defesada Dra. Patrícia Oliveira do MST.