Trabalhadores rurais paralisam marchas no Sul do país

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 16 de novembro de 2006 as 12:14, por: cdb

As duas marchas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Rio Grande do Sul mantiveram-se paralisadas nesta quinta-feira.

Na primeira delas, que saiu de Arroio dos Ratos nesta terça-feira, os mais de 500 integrantes – contando com as crianças – permaneceram no acampamento montado em frente ao assentamento São Pedro, em Guaíba, na região Metropolitana de Porto Alegre. Na segunda, de Santana do Livramento, na fronteira Oeste, os manifestantes decidiram parar a poucos quilômetros da cidade de Rosário do Sul.

Nesta sexta-feira, o primeiro grupo seguirá pela BR-290 em direção à Fazenda Dragão, em Eldorado do Sul.

– A pretensão é de avançar mais oito a 10 quilômetros e depois parar por dois ou três dias – disse Mauro Cibulski, da coordenação estadual do MST, e um dos coordenadores da marcha.