Torneio de Pesca da Melhor Idade é novamente sucesso de público

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 24 de março de 2012 as 09:16, por: cdb

O Torneio de Pesca da Melhor Idade, que neste sábado (24/03) teve sua terceira edição, comprovou, mais uma vez, ser um sucesso de público. Apesar do tempo nublado e chuva fraca, 170 pessoas com idades entre 50 e 90 anos compareceram ao pesqueiro Ueda, na estrada Mogi-Taiaçupeba, para participar do evento, que é uma iniciativa da Coordenadoria Municipal do Idoso, em parceria com o IPREM.

Muito além da pesca, o dia serviu como um encontro entre amigos e famílias, no qual a descontração foi marca maior. Ao redor do grande lago, havia pescadores com experiência, que levaram a sério a competição, e também pescadores de primeira viagem, que buscavam aprender mais sobre as técnicas e truques da pescaria. O resultado, mais uma vez, agradou a todos.

“É a primeira vez que eu pesco. Me mudei para Mogi recentemente, então não tinha nem como eu participar das edições anteriores. E olha só, acabei dando sorte”, declarou Enedir Amélia Pinho, de 81 anos, que, mesmo sendo pescadora de primeira viagem, conseguiu a façanha de pescar a primeira tilápia do dia. Isso rendeu-lhe o prêmio de primeiro peixe pescado, que é uma das modalidades do torneio.

Outra que estava com sorte era Gracinda Leite de Siqueira, de 59 anos. Por volta das 11 horas ela já tinha fisgado quase dez peixes. Mas ela, diferente de muitos outros, pratica a pescaria semanalmente. “Eu pesco sempre e aqui nesse pesqueiro mesmo. Moro perto, então não me dá trabalho nenhum vir até aqui. Estou competindo, mas hoje é principalmente um dia e lazer, de estar com os amigos, ainda mais num ambiente tão agradável como esse”, destacou.

O coordenador municipal do Idoso, Jair Salvarani, ficou satisfeito com o que viu. “Mogi das Cruzes tem evoluído muito na questão da atenção do idoso. Com a Coordenadoria a gente conseguiu reunir comunidades que até então não se encontravam, não tinham inteiração nenhuma. Esse evento aqui é só mais um exemplo, mas temos muitos outros. O bacana de tudo isso é que os idosos estão gostando, e quanto mais gostam, mais sugerem coisas novas, então vamos avançando cada vez mais”, falou.

Além do primeiro peixe pescado, o torneio premiou os responsáveis por pescarem o maior e o menor peixe do dia, e também os participantes mais idosos do sexo masculino e feminino. O evento contou também com a presença da secretária municipal de Assistência Social, Maria Marinês Mazaro Piva, e do secretário-adjunto da mesma pasta, Edson dos Santos. (LMS)