Tony Blair é interrogado pela segunda vez pela Scotland Yard

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007 as 18:03, por: cdb

O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, foi interrogado pela polícia britânica pela segunda vez sobre alegações de troca de títulos de nobreza por doações ao seu partido, o Trabalhista, disse seu porta-voz nesta quinta-feira.

Segundo o porta-voz, a entrevista, em que o primeiro-ministro foi ouvido na qualidade de testemunha, foi realizada na sexta-feira passada em sua residência oficial, em Londres. Ela durou 45 minutos e foi mantida em segredo a pedido da Scotland Yard (a polícia londrina).

Blair foi questionado sobre o caso pela primeira vez em dezembro, quando o líder britânico tornando-se o primeiro chefe de governo no cargo a ser entrevistado como parte de uma investigação criminal na Grã-Bretanha.

O porta-voz assinalou que não se sabe se o líder trabalhista terá que prestar declarações de novo perante a Scotland Yard, ao acrescentar que isso é “assunto da polícia”.

A Scotland Yard disse que o embargo da informação sobre a entrevista de Blair na sexta-feira foi pedido “por razões operacionais”, e não deu mais detalhes.

Dois assessores próximos de Blair foram presos nas últimas semanas e depois libertados por suspeita de acobertamento do caso.