TJ de SP tentará triplicar número de juízes bagrinhos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de janeiro de 2005 as 20:46, por: cdb

O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo abrirá, em fevereiro, um edital de convocação para tentar dobrar, ou, talvez, triplicar, os atuais 35 bagrinhos da rede. Bagrinhos são os juízes de primeira instância que julgam processos da Corte para ajudar os desembargadores a dar conta da demanda. Eles ganham R$ 1.400,00 a mais no salário líquido de, aproximadamente, R$ 8 mil para julgar 20 processos de segunda instância por mês. A medida é uma conseqüência da reforma do Judiciário, que mandou os tribunais distribuírem, imediatamente, todos os processos pendentes de julgamento.