Thomaz Bastos reforça apoio da União para o Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de dezembro de 2005 as 14:13, por: cdb

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, afirmou nesta quinta-feira que o ataque a um ônibus no Rio de Janeiro na noite de terça-feira, que acabou resultando na morte de cinco pessoas, foi uma tragédia e rafirmou que o Governo Federal está numa posição de absoluta solidariedade com o governo do Rio e com a Secretaria de Segurança do estado.

– É uma tragédia de tanta proximidade e espessura que depois dela as palavras nem consolam nem comovem. A posição do governo federal é de absoluta solidariedade com o governo do estado e com a Secretaria de Segurança do estado. Eu falei ontem (quarta) com o governador (governador em exercício Luiz Paulo Conde) e nós continuamos nosso trabalho de parceria e de aproximação – explicou.

Bastos lembrou que recentemente a Polícia Federal desbaratou no Rio uma grande quadrilha ligada ao tráfico de cocaína e disse que o trabalho a ser feito não é apenas de repressão ao crime, mas de inteligência, para mapear o crime e punir os culpados.

– Tem que ser feito um trabalho de inteligência que desvende as autorias e puna de uma maneira implacável os culpados por essa barbaridade – afirmou o ministro.