Tesouro Nacional estuda dotar BNDES de mais recursos, diz Lessa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 17 de outubro de 2003 as 14:18, por: cdb

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Carlos Lessa, confirmou nesta sexta-feira que o governo vem realizando estudos para capitalizar o banco.
O aporte viria do Tesouro Nacional com o objetivo de evitar a possibilidade de sanções por parte do Banco Central, já que a instituição tem um patrimônio líquido inferior ao exigido em relação ao volume de recursos emprestados.

De acordo com o diretor da área financeira do BNDES, Roberto Timótheo da Costa, seriam necessários R$ 15 bilhões para o banco voltar a se enquadrar nas legislações do Banco Central. Uma das alternativas em estudo, segundo Timótheo, seria a transferência de ações que excedam o controle acionário do Tesouro Nacional em estatais para o BNDES.

Lessa e Timótheo participaram do seminário na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro “Rio, Corredor de Integração”, onde foram discutidas propostas de parceria entre o governo e a iniciativa privada em projetos de infra-estrutura em logística.