Terroristas são detidos com armas e explosivos em Karachi

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 26 de setembro de 2003 as 08:06, por: cdb

Três supostos membros do grupo terrorista islâmico paquistanês Yihadi, que tinham armas e explosivos, foram detidos hoje na cidade portuária de Karachi, no sul do Paquistão.

Segundo um porta-voz policial, os três detidos são ligados a vários atentados cometidos em Karachi. Os agentes confiscaram três pistolas, seis bombas e sete granadas, assim como documentação falsa e material de propaganda para promover o confronto entre comunidades religiosas.

Nos últimos anos a cidade de Karachi tornou-se o principal foco de violência e atos de terrorismo de origem política e religiosa e as principais vítimas foram a comunidade muçulmana xiita, cristã e cidadãos estrangeiros.

Nesta mesma semana, o Ministério do Interior paquistanês informou da detenção em Karachi de Rusman Gunawan, um irmão de Riduan Isamudin “Hambali”, líder do grupo terrorista islâmico indonésio Jemaah Islamiya (Assembléia Islâmica) e considerado um importante colaborador da a organização de Osama bin Laden, Al Qaeda.


Hambali foi detido na Tailândia em 11 de agosto com a colaboração do Serviço Central de Informação (CIA) dos Estados Unidos. Entre outras coisas, o líder terrorista é acusado de planejar o atentado que matou mais de 200 pessoas em Bali no ano passado.

Gunawan continua detido e sob investigação. Segundo as autoridades de Islamabad, foi capturado junto com outros 18 cidadãos indonésios, malaios e birmaneses, todos alunos de escolas corânicas. A Polícia suspeita que ele pode fazer parte de uma rede da Jemmah Islamiya, no Paquistão.