Termo estabelece regras para Clássicos-rei com duas torcidas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 as 16:43, por: cdb

26/01/2012O Termo de Ajuste de Conduta, proposto pelo Ministério Público do Ceará, foi assinado, na manhã de hoje (26), para garantir a segurança do torcedor nos dias de jogos

A fim de prevenir atos de violência em Clássicos-rei do Campeonato Cearense, um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) foi firmado, na manhã de hoje (26), na sede da Federação Cearense de Futebol (FCF). Assinaram o termo representantes da Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel), da FCF, do Ministério Público do Ceará, do Fortaleza Esporte Clube e do Ceará Sporting Club.

De acordo com o documento, caso a Federação e os clubes de futebol decidam a favor dos jogos do Clássico-rei com duas torcidas, algumas regras deverão ser respeitadas para garantir a segurança dos torcedores. Reduzir o número de ingressos para 15 mil, proibir a venda de bilhetes nos dias dos jogos e fechamento da entrada azul (Rua Marechal Deodoro) são algumas das medidas estabelecidas no TAC.

O estádio Presidente Vargas (PV) garante ao torcedor conforto e segurança através de 105 câmeras de monitoramento e de um efetivo composto por Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Há ainda Guarda Municipal, Defesa Civil e Brigada de Incêndio fazendo a segurança patrimonial. “O risco de violência não está nas dependências do PV e sim no entorno do estádio e terminais de ônibus. Em respeito à vida e ao cidadão, sou a favor da presença de apenas uma torcida”, defendeu o secretário de Esporte e Lazer, Evaldo Lima.